6.11.10

Recuperando o controle da infância

Depois anos de procura infrutífera, finalmente recuperei o lendário controle de seis botões do Mega Drive do final da minha infância (agradecimentos ao Dunga por ter encontrado o Graal). Vejam bem, não é o mesmo modelo; é o mesmo controle!

Tanto tempo depois de ter encerrado as buscas pelo desaparecido (calculo pelo menos 12 anos sem ver o acessório), sinto como se tivesse trazido de volta do limbo um pedaço da infância.

É muito provável que o velho 6-pad nem funcione mais, mas será guardado com carinho junto ao falecido console do Mega Drive, seu outrora inseparável (época de controle com fios, lembram?) companheiro de aventuras.

Recuperar essa peça específica, nesse momento específico, traz um certo sentimento de dever cumprido, de página virada, algo como finalmente comer algo que foi servido depois de muito tempo esfriando. E descubro, sem surpresa, que gosto de pratos frios.

É claro que não poderia terminar sem mostrar o achado, pra alegria dos velhos saudosistas e pra instrução da gurizada que não viveu na época do bit lascado.

Vejam aí a cara do filho pródigo:


Ele pode até não ser máximo em termos de jogabilidade e recursos, mas é preciso admitir que os controles dessa época eram bem mais bonitos que os monstrengos de hoje em dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário