2.7.05

Morcego não é um rato com asas

Que tipo de filme é Batman Begins? Um "filme de super-herói"? Uma adaptação de quadrinhos? Uma adaptação e só? Nos últimos anos, essas três definições têm sido tratadas erroneamente como sinônimos e, pior ainda, como gênero.

Um "filme de super-herói" é um filme em que o tipo conhecido como "mocinho" ou "herói" apresenta habilidades visivelmente sobre-humanas ou sobrenaturais. Essas habilidades o diferenciam do herói comum, que conta com capacidades humanas acentuadas, num tipo de licença poética típica do cinema. O "filme de super-herói" NÃO é um gênero, ou mesmo um subgênero. Apesar desse tipo de personagem ser mais apropriado a filmes de aventura, nada impede que exista um super-herói em uma comédia ou drama.

"Adaptação de quadrinhos" não significa que tem super-herói no filme e também não é um gênero. Esse caso é ainda mais óbvio, visto que os próprios quadrinhos são divididos em gêneros. Talvez a maior parte dos americanos ache que só existem os quadrinhos de super-herói (esses sim podendo ser considerados um subgênero com características reconhecíveis, pelo menos até os anos 80), mas aqui todos nós conhecemos pelo menos mais um gênero de quadrinho, o infantil. Claro que a força desse gênero contribuiu para o pensamento-padrão "gibi é coisa de criança", mas isso não vem ao caso. O que importa é que a adaptação de quadrinhos não precisa ser um filme de super-herói, e vice-versa.

Por último, quero desmentir a maior besteira que vem sendo re-repetida por aí. "Adaptação" NÃO é um gênero. Primeiro porque toda adaptação vem de outra mídia/arte que tem os seus próprios gêneros. Obviamente, as adaptações de uma tragédia grega e de um conto humorístico dificilmente pertenceriam ao mesmo gênero de filme. Segundo, as adaptações de quadrinhos estão na moda, mas o cinema já vive de adaptações (de romances, contos, peças, óperas, musicais) desde que nasceu. Os programas de TV e os quadrinhos só foram tardiamente descobertos, mas as adaptações (principalmente de livros) sempre foram grande parte das produções cinematográficas. Terceiro, as adaptações não possuem a obrigação de pertencer ao gênero da obra original. Nada impede que aventuras medievais sejam adaptadas como humor pastelão. Portanto, "adaptação" quer dizer que houve uma transposição de mídias e somente isso, não tendo relação alguma com o gênero do produto final.

O que se poderia dizer de Begins, então? Certamente é uma adaptação de quadrinhos, mas o herói que aparece ali não é "super", portanto foge da alcunha "filme de super-herói". E o gênero? Uma mistura de elementos de vários gêneros, como a maioria dos filmes atualmente. Basicamente é uma aventura e uma fantasia, com boas doses de ação e policial. Não por acaso, esses gêneros são a essência dos pulps de onde vieram as maiores influências para a criação do Batman. Portanto, o que o filme faz é trazer o personagem de volta às origens e faz isso muito bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário