16.3.05

As aventuras nada fantásticas de Lola

Não sei se por acaso ou afinidade, com o passar dos anos conheci muitas meninas/mulheres "desmioladas". Incluam nessa definição as distraídas, as lerdinhas, as disléxicas e as que são burrinhas mesmo, coitadas. Todas elas, é claro, possuem uma história interessante. Pra protegar o nome de cada uma e pra juntar todas em uma só, surgiu essa personagem chamada Lola. Ela pode ser imaginária, mas suas histórias são bem reais.

História de hoje: "O problema do transporte público"

Lola e seus amigos esperavam pelo ônibus que os levaria a uma festa. Ao ver um ônibus que se aproximava, Zequinha (os amigos de Lola têm os nomes das piadinhas que a gente ouvia na escola) inicia o diálogo.
Zequinha: - Será que esse ônibus serve?
Lola: - Não serve, não! Esse vai pra Praça "Xis-Vê"!
Uma amiga corrige: - É "Praça Quinze", Lola!
Lola: - Foi mal, gente! É que tava escrito em mosaico!
Amigos em coro: - PQP, Lola!

E chega de Lola por hoje.
Em breve ou nunca mais, uma nova aventura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário