2.7.02

Mudança de hábito

Se hoje o Felipão é um gênio, há trinta dias ele era teimoso e cabeça-dura.
Se no domingo muitos disseram "valeu, Felipão", antes da Copa muitos gritavam "burro".
Se depois da vitória as pessoas gritam o nome de todos os jogadores (até do Roque Júnior), antes da convocação o povo só sabia gritar o nome de um jogador (um certo baixinho).
Se Luis Felipe Scolari é um santo, lembrem-se que Felipão já foi crucificado.
Então, povo brasileiro, jornalistas e "entendidos da bola", todos devemos desculpas ao homem que seguiu seu objetivo apesar de tudo o que diziam dele e que acabou sendo o grande responsável por essa vitória.
Parabéns, Felipão; e minhas sinceras desculpas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário